Siglir tar il cuntegn

Header

audio
Catarina Morais - l'autura
Or da Actualitad dals 17.12.2019.
laschar ir. Durada: 02:44 minutas.
cuntegn

Olá – Da nus para vocês Catarina Morais – l'autura bilingua

Catarina Morais ha 21 onns ed ha passentà ina gronda part da sia uffanza en Portugal. Pir en la vegliadetgna da 9 onns è ella vegnida a Scuol nua ch'ella ha frequentà la scola populara e suenter ha ella fatg la matura a la Academia a Samedan . Oz studegia ella a temp parzial architectura a la scola auta spezialisada dal Grischun (FHGR) a Cuira e lavura dasperas en in biro d’architectura a Scuol.

catarina morais cun ses cudesch
Legenda: RTR

Sco lavur da matura ha ella scrit in cudesch che ha da far cun sia vita. Il cudesch raquinta da las difficultads ch'ins ha cun la lingua, sch'ins vegn dal ester en ina nova terra . L’idea era da mussar ch'i dat, malgrà las difficultads , era bleras sumeglientschas tranter las linguas rumantsch e portugais.

Ladina e Leonor

Uschia ha num il cudesch per uffants. Ladina è la matta rumantscha e Leonor la matta portugaisa. Duas giuvnas mattas che vivan mintgina en ses mund perfetg. Mo tuttenina sa chattan ellas amez il guaud. Ellas discurran ina cun l'autra e l'emprim na s'enclegian ellas betg, quai che irritescha curt. Dentant precis sco en la vita reala surpassan ils uffants la barriera linguistica e quai sin ina moda e maniera co be uffants san far quai. Las duas mattas han fabritgà si ina amicizia ferma e da là davent n'è la lingua betg pli ina gronda barriera.

Messadi da l'istorgia

La diversità n`è betg ina difficultà.
Autur: Catarina MoraisStudenta d'architectura

Extract dal cudesch

Rumantsch

L'amicizcha es savair acceptar las differenzas dals oters ed imprender cun quellas. Far fermas colliaziuns cun persunas chi, eir schi sun differentas, ans fan dvantar unics e specials, pervi cha la fin eschan no eir oter co tuot il rest.

Português

A amizade é saber aceitar as diferenças dos outros e aprender com elas, criando laços fortes com pessoas que, apesar de diferentes nos tornam únicos e especiais, pois afinal de contas também nós somos diferentes dos demais.

Em português

Personen-Box aufklappenPersonen-Box zuklappen

Catarina Morais

Catarina Morais, 21 anos, passou grande parte da sua infância em Portugal, e aos 9 anos veio para Scuol (Baixa Engiadina). Cursou até a nona série na escola secundária de Scuol e foi então que decidiu seguir os estudos e ir para a Academia de Samedan onde completou a matura. No momento ela estuda arquitetura no instituto politécnico em Chur e trabalha em tempo parcial num escritório de arquitetura em Scuol.

Como trabalho final da matura, Catarina escreveu um livro baseado em experiências próprias. O livro trata da questão linguística quando se emigra para um país estrangeiro. A ideia era de demonstrar o quão parecidas são as duas línguas, o romanche e o português. O livro foi concebido como literatura infantil.

“Leonor e Ladina” é o título do livro. Ladina é a menina que fala romanche e Leonor a portuguesa. As duas vivem cada qual no seu mundo perfeito, até que se encontram por coincidência no meio da floresta. No início não sabiam como lidar uma com a outra, pois não se entendiam. Mas como na vida real, as crianças ultrapassam qualquer barreira linguística, de uma maneira que só crianças sabem fazer. E as duas meninas iniciaram um laço de amizade muito forte, mesmo não falando a mesma língua, e nunca mais se separaram.

Moral da história: não permita que a diversidade seja uma dificuldade.

RTR Canorta 19:00